Posts Tagged 'Catarinense'

Que é isso Leão?

Esta aí o palco da decisão do Campeonato Catarinense de 2011. Índio Condá é seu nome e é a Chapecoense que decidirá em seus domínios contra o Criciúma quem será o novo campeão. Ontem na final do returno, jogando pelo empate o time do Oeste buscou um 2×0, fez 2×2 e comemorou com sua torcida a classificação para a final.

Não assisti à partida, mas só pelo que li imagino como foi triste o final de tarde na ilha de Santa Catarina. O Avaí buscava o tricampeonato, mas tinha tarefa muito difícil pela frente, a Chapecoense é muito forte em seus domínios. Até aí tudo bem, mas o time de Floripa fez o mais difícil, colocou 2×0 no primeiro tempo.

Rafael Coelho teve a chance de fazer 3 e matar o jogo, desperdiçou e em 3′ Aloísio o artilheiro do Verdão fez 2 gols, empatou o jogo e deixou o título do returno lá em Chapecó.

Os dois times da Série A estão fora da final, ambos chegaram às finais dos turnos, Figueirense no primeiro e agora o Avaí, porém não tiveram capacidade de levar o título para a capital.

Cabe aqui uma análise pormenorizada, trazendo todos os motivos que levaram Chapecoense e Criciúma para a final? Será que o futebol não é mais simples que isso? Para mim, na maioria das vezes, olhem só, o melhor ganha, sem teorias mirabolantes, sem teoremas malucos, simplesmente quem joga melhor vence. A Chapecoense foi a melhor durante todo o returno e no final sagrou-se campeã.

Que os times da capital abram o olho, Série A não é brincadeira, os times não são bons, elencos limitados e a briga para não cair será dura se não se reforçarem.

Mas também não dá para vaticinarmos que eles serão rebaixados, assim como o estadual não serve para dizer que o campeão se sairá bem, não é parâmetro definitivo para dizer que quem não chegar à final irá mal. Dentre vários exemplos temos o Fluminense, atual campeão.

Para mim o pior de tudo não foi o Avaí ficar de fora da final, como já disse, vencer a Chapecoense no Índio Condá não é fácil mesmo, o que deve preocupar os torcedores é a incapacidade do time de segurar um resultado que lhe era muito favorável, isso sim é de se lamentar.

O Avaí enfrenta o São Paulo depois de amanhã pela Copa do Brasil, hora de esquecer a derrota de ontem e focar no campeonato mais importante do primeiro semestre e, enquanto isso, a taça volta para o interior do estado após 2 anos na Costeira.

Deu Zebra, ou Tigre…

E o jóquei caiu do cavalo…Semana passada escrevi que era muito difícil o Figueirense perder o primeiro turno em casa para o Criciúma, mas avisei, que o time do sul do estado gosta de aprontar vez ou outra.

Meu palpite não foi fundado na histeria ridícula da imprensa esportiva catarinense, nem me enganei pelo futebol apresentado. Apenas pensei que o time com melhor campanha, jogando em casa e pelo empate, fosse capaz de segurar o resultado. Enganei-me.

Voltando a falar da suposta imprensa esportiva catarinense, é lamentável acompanhar o futebol do estado pelos olhos da maioria de seus comentaristas. Enquanto temos repórteres muito bons, e que ascendem rapidamente para emissoras nacionais, nossos “analistas”, em sua maioria, são só torcedores com microfone.

Desta forma, para todos de lá, o time do Estreito estava voando, se continuasse daquele jeito brigaria por vaga na Libertadores; e a coisa pelo jeito não é bem assim. O time do Figueira é bom, continua com tudo para brigar pelo título do Catarinense, mas mostrou ontem, que não é essa seleção toda.

O Criciúma venceu porque foi melhor. Merecidamente temos um campeão no primeiro turno de Santa Catarina, e mais, pela primeira vez nessa nova fórmula, o líder do turno não termina campeão deste.

Mais importante que estar na final já do torneio, o tigre está muito feliz com a vaga na Copa do Brasil do ano que vem, campeonato vencido por ele em 91 sob a batuta do técnico Felipão. A cidade do carvão está em festa.

E para quem ainda não percebeu a ligação, é do time de 91 a foto que ilustra esse post, pois o time de ontem é bom, mas não tão bom quanto aquele.

Começando minha Cruzada

Sabia que seria difícil escrever sobre o futebol Catarinense morando aqui em São Paulo, mas não sabia que seria quase impossível.

Não há nada em lugar algum, e assim vivo de pedaços de notícias na internet ou comentários de amigos no twitter para saber como anda a bola lá na minha terra natal.

O que posso dizer é que o atual bicampeão, e melhor time atualmente do estado, o Avaí, vai muito mal das pernas e ontem perdeu de 3 do Brusque fora de casa.

O que falo para o Avaí serve para Vasco, Corinthinas, Grêmio e etc… não interessa se é começo de temporada, se o time está voltando de férias, certos resultados são inaceitáveis.

O Avaí não pode perder os dois primeiros jogos do Catarinense, o Grêmio empatar com o Ypiranga ou, principalmente, o Vasco ser derrotado em casa pelo Resende.

Podem vir com várias desculpas, os times menores estão a mais tempo se preparando, o time completo ainda não estreou; não discuto quanto a isso, mas mesmo assim, não dá, simplesmente não dá. Se fosse assim juntávamos 11 caras na rua lá de casa ficávamos 3 anos treinando, só treinando, e no 4º ano seríamos campeões mundiais? Não! Jogador bom é bom, ruim é ruim e deu.

Saí um pouco do assunto, mas tenho tanta coisa a escrever que acho que nos primeiros dias me perderei um pouquinho.

Como o título do post diz, será uma Cruzada escrever sobre o Campeonato Catarinense, mas não desistirei, espero contar muito com a ajuda dos amigos que leem o blog, pois daqui não será fácil.

Hoje teremos continuação da rodada, espero pelo menos ouvir algum jogo na internet para ter mais o que falar para vocês amanhã. Por hoje fica só mesmo a minha insastifação com os resultados do Avaí.

E falando em Avaí, quem é esse técnico aí?

Esperar para ver.