Posts Tagged 'Felipão'

Rapidinhas 9ª Rodada

Tentando deixar em dia o espaço, está difícil mas está melhorando.

Interessante a 9ª rodada, dentre muitos fatos, destacamos as 5 vitórias seguidas do Corinthians deixando o Timão cada vez mais líder. Assisti ao jogo do Vasco e Inter, foi o que passou em Santa Catarina no sábado e Atlético-Go e Corinthians no domingo, pelo mesmo motivo.

O time do Vasco com Juninho Pernambucano ganha muita qualidade no meio campo, e Ricardo Gomes entendeu que para jogar com Felipe e o Reizinho tem que adiantar sua marcação e diminuir os espaços do adversário no seu campo de defesa. Contra o Inter deu certo.

São Paulo 2 x 1 Cruzeiro – Não que a culpa fosse de Carpegiani, mas foi um bom resultado para o time tricolor que vinha de 3 derrotas seguidas.

Vasco 2 x 0 Internacional – O Vasco dá sinais de que pode fazer boa campanha, porém como o título é muito e já está garantido na Libertadores, deve fazer jogos maravilhosos e participações regulares.

Atlético-PR 0 x 0 Avaí – Piores times do Campeonato, pior placar possível…meus parabéns a quem assistiu ao jogo.

Fluminense 0 x 1 Flamengo – E o Flamengo como quem não quer nada e sem defesa faz um belo primeiro quarto de campeonato na vice-liderança.

Grêmio 2 x 0 Coritiba – Como o São Paulo a saída do técnico pode ter dado um gás no time, mas nada que empolgue a torcida gremista.

Atlético-GO 0 x 1 Corinthians – Acho que o problema do Willian é pessoal comigo, no único jogo que fui ao estádio ver ele não jogou nada, no resto está resolvendo.

Bahia 1 x 1 Botafogo – Elkerson é bom jogador, mas o resultado foi ruim para quem quer algo de bom no Brasileirão.

Palmeiras 3 x 0 Santos – Que primeiro tempo do time do Felipão, muito bom, e o Kléber que vá embora né…deu para ele…

Atlético-MG 2 x 0 América-MG – Parece que os são-paulinos ficaram mais tristes que os americanos…

Figueirense 1 x 1 Ceará – Empatar em casa nunca é bom, mas pode colocar mais um pontinho na conta do Figueira.

Que que eu vou dizer lá em casa?

Esse bordão do eterno narrador Silvio Luiz serve para pelo menos três momentos da partida de ontem entre Atlético-MG e Palmeiras.

Primeiro, o lance mais inusitado dos últimos tempos. Lincoln foi lançado na esquerda, invadiu a área e sofreu o pênalti. Imediatamente o árbitro Marcelo de Lima apontou a cal e deu cartão amarelo para o zagueiro atleticano. Tudo perfeito, quando de repente é apontado o impedimento do ataque palmeirense. Vejam, realmente Lincoln estava impedido, só que até agora ninguém sabe de onde que o bandeira viu esse impedimento, pois no lance ele não deu nada. Nunca vi isso na minha vida, se alguém já viu algo parecido, por favor relate.

Segundo, mais um pênalti “à brasileira” nesse futebol modorrento que se tornou o praticado no nosso país. Como é chato ver jogo apitado por árbitros brasileiros com os jogadores cai-cai aqui do Brasil. Obina desmoronou e empatou a partida.

Que fiquei claro, o Palmeiras não jogou bem, os reservas do Galo se superaram e no frigir dos ovos o empate não seria absurdo não tivesse manchado pela arbitragem.

E o pior na verdade foi após o jogo. Já falei aqui que o mau humor, a ranzinzice, tudo isso no Felipão não me incomoda, mas calma aí, respeito é bom e todo profissional merece. Está de cabeça quente Felipão, não dá entrevista, tens todo o direito de ficar irritado.  Mas eu que sempre o defendi acho que agora está passando dos limites do aceitável.

Não entrarei no mérito da pergunta do repórter, que diga-se de passagem foi bem razoável, mas mesmo que fosse uma questão irrelevante, não dá direito ao técnico do Palmeiras ofendê-lo desta maneira. O limite entre Muricy e Dunga existe, e deve ser respeitado. Como crítico que sempre fui do ex-técnico da seleção brasileira, me sinto obrigado a expressar quão lamentável foi a conduta do Felipão.

No final das contas para o Palmeiras não foi de todo ruim nem para o Galo, mas esse árbitro e o Felipão…que que eu vou dizer lá em casa?

Welcome back Big Phil

Felipão voltou! Sim parece notícia velha, mas não, após 3 vitórias seguidas o palmeirense já diz orgulhoso, o Felipão voltou.

Na verdade, na minha opinião, desde que ele chegou no Brasil ele foi o Felipão de sempre, as pessoas que estavam desacostumadas com seu jeito.

Felipão sempre foi um treinador de longo prazo, na primeira passagem pelo Palmeiras mostrou isto, e a rápida passagem no Chelsea comprovou de vez. Felipão nunca foi de muitos amores com a imprensa, principalmente em meio a derrotas, não é de agora suas respostas atravessadas e sua “lei da mordaça”.

Muitos jornalistas e torcedores me diziam que o Felipão não é mais o mesmo, que ele tinha esquecido como trabalhar no Brasil, mas não, sempre achei que nós, digo eles, é que tinham se esquecido como era o Felipão.

E agora, alguns meses após sua chegada, mesmo com o elenco que ele tanto reclamou, o Palmeiras de Big Phil começa a mostrar sua cara, um time vibrante e frio, que sabe que é limitado mas que joga justamente nesse limite.

Como o técnico mesmo disse, não se deve imaginar que o Palmeiras chegue ao título, talvez nem brigue pela Libertadores, mas que já temos um outro time, uma outra postura isso é inegável, e mais, que devemos essa mudança muito ao excelente técnico, Ah! isso também ninguém pode negar.

Bem-vindo Felipão, o Brasil agradece sua volta!


Dois Toques

Lugar que um doido por esporte, principalmente futebol criou para escrever, ler, debater sobre tudo que seja relacionado ao esporte Bretão.

Twitter