Posts Tagged 'Hernanes'

E agora?

Sandro acaba de ser cortado da Seleção Brasileira por lesão.

Deixo algumas perguntas:

Pode chamar alguém?

Se puder, Mano chamará?

E se chamar, quem ele convocará?

Eu se pudesse convocaria, e com certeza chamaria Hernanes para a posição. Está claro que o nosso problema não é marcação, que Lucas está dando conta do recado e tem gente para ali capaz de segurar as pontas.

O que precisamos é de uma saída melhor no meio campo, alguém que venha com a bola de trás e deixa-a com qualidade na frente. Pela milésima vez ELANO NÃO É esse jogador.

Atualizando: Segundo informação do jornalista Tino Marcos a seleção não convocará ninguém, ficarão os 22. Se não podia tudo bem, agora se tinha essa opção Mano errou, e errou feio.

Anúncios

Simplício, o nome do Derby romano

Todos devem ter lido que Totti fez os dois gols do jogo, um de falta e outro de pênalti, e que no terceiro Derby da temporada tivemos a terceira vitória do time romano sobre sua arquirrival Lazio.

Mas só quem viu o jogo pode dizer que num jogo tecnicamente fraco, Fábio Simplício saiu do banco e em poucos minutos, indiretamente fulminou as chances da alviceleste.

Em um lance bobo, próximo à bandeira de escanteio, Simplício tanto fez que levou uma infantil cabeçada de Radu e fez com que o jogador fosse expulso da partida. Desta feita, o que parecia difícil ficou muito mais com um jogador a menos. Não bastasse isso, no finalzinho da partida Fábio sofreu o pênalti, que batido por Totti como sempre, forte alto no meio do gol, fechou a conta e selou a vitória.

Duas coisas mais a serem ditas sobre o jogo: como Francesco Totti se transforma quando enfrenta a Lazio, se não fez uma partida brilhante, a disposição e o “sangue no zóio” dele contagiou a todos, e com certeza ajudou na vitória romanista.

E o lado ruim do jogo para mim foi a atuação, discreta, sinceramente, apagada de Hernanes. Não é a primeira vez que ele joga mal um Derby, não creio que Hernanes amarele em clássicos, mas não vejo aquele algo mais que o jogo pede, e que, por exemplo, vimos em Totti.

Um pouquinho de Série A

Já que parte da minha maratona de ontem foi assistir a dois jogos do Campeonato Italiano não custa nada falar um pouquinho do que vi.

No primeiro jogo, a Fiorentina encontrou muitas dificuldades para vencer o Chievo por 1×0, não foi fácil, mas foi merecido. A Viola não vem no melhor de seus últimos anos, mas ainda é um bom time e não deve ficar lutando para fugir do Rebaixamento a temporada inteira.

No outro jogo, o Derby de Roma, que jogo legal de ver. Roma venceu a Lazio com dois gols de pênalti, mas no meu ver qualquer um dos dois times poderia ter saído vitorioso, a Lazio perdeu alguns gols, só Hernanes teve ao menos duas oportunidades.

Falando em Hernanes, quem pagou para vê-lo acabou vendo Fábio Simplício jogando muito pela Roma. Não que Hernanes não tenha jogado nada, até jogou bem, mas além de ter ficado aquém do que poderia, Simplício comeu a bola e foi um gladiador no meio campo romano.

Na transmissão Gian Oddi falou algo que me intrigou, com outras palavras disse que o clássico veio na pior hora possível para a Lazio, pois bem não havia como trazer. O time estava em alta, liderando, como ainda está, e pode ter se abalado com a derrota. Enquanto a vitória não teria como aumentar tanto mais o astral, esse revés pode ser fatal, o que não há como saber.

O próprio técnico Reja havia dito que com uma vitória nesse jogo o time poderia sonhar com algo grande; discordo, o time é bom, ainda é líder e se souber lidar com esse resultado adverso pode sim lutar pelo título italiano, mesmo tendo perdido para Roma.

Agora só resta esperar, quarta-feira teremos Lazio x Cesena, vice-lanterna e o time da capital terá que juntar rápido os cacos da derrota do final de semana para manter-se na ponta e em busca do Scudetto.

Crianças Prodígio

Amanhã o Brasil faz as 14:00 um amistoso contra a fraquíssima equipe do Irã, mas o que interessa mesmo, ao menos para mim, será ver esse ataque Robinho, Pato e Coutinho.

Tirando Robinho e colocando o marrento Neymar, acho, e torço muito, para que seja esse o ataque da seleção do Brasil em 2014. Num exercício de futurologia barato, pois sabemos que há muita coisa para acontecer, só consigo enxergar alegrias com esses três no ataque e Ganso vindo de trás. E se continuarem jogando o que estão Lucas e Ramires o time está pronto. Xi, mas Hernanes está comendo a bola de novo, bom isso é problema para o Mano.

Só sei que esses jogadores fazem com que jovens como eu sonhem em ver uma seleção jogar como escutamos nossos pais e avós falarem. Com alegria, partindo para cima, dando show. Claro que quero ser campeão, óbvio que prefiro ganhar como 94, mas a Espanha e o Santos, só para citar esse ano, mostraram que dá de ser campeão encantando.

É bom ver essas crianças prodígio jogarem e poder sonhar. Eu, pelo menos, adoro.


Dois Toques

Lugar que um doido por esporte, principalmente futebol criou para escrever, ler, debater sobre tudo que seja relacionado ao esporte Bretão.

Twitter