Posts Tagged 'Jonas'

Será possível?

Está cada vez mais difícil confiar na seleção. Não que os jogadores sejam ruins, uns até são fracos demais, mas não por isso.

O que me incomoda é que os jogadores mais controvertidos das listas, tanto as anteriores como a de hoje, são do mesmo empresário, que coincidentemente [?] é o empresário do técnico da seleção brasileira.

Não quero ser leviano, mas fica complicado, confesso que bem complicado justificar algumas convocações.

André Santos permanece lá, Jonas o “pior atacante do mundo” e outros que não têm as mínimas condições de vestirem a camisa da seleção também são chamados.

E renovação? Os jogadores citados acima não demonstram que não há vontade nenhuma de renovar, confesso que quanto mais eu penso sobre o tema, menos explicações futebolísticas eu encontro.

Vamos à lista:

GOLEIROS
Julio César (Inter de Milão) – Sobre ele acho que já disse tudo semana passada, não tem preparo emocional para o posto.
Victor (Grêmio) – Espero que seja titular em breve, disputando posição com Fábio.

LATERAIS
Maicon (Inter de Milão) – Melhor do mundo.
Daniel Alves (Barcelona) – Fica aí no banco e aprende a ter postura.
André Santos (Fenerbahçe) – Não vou comentar mais nada!

ZAGUEIROS
Lúcio (Inter de Milão) – Acho que merece um banquinho, mas é uma lenda.
Thiago Silva (Milan) – Monstro! Joga muito, não tem o que dizer.
David Luiz (Chelsea) – Merecendo uma chance de titular.
Dedé (Vasco) – Vem fazendo jus a uma oportunidade, jovem e muito talentoso.
MEIO-CAMPISTAS
Lucas Leiva (Liverpool) – Para mim um dos que se salvou da Copa América.
Ramires (Chelsea) – Se jogar na sua posição pode render muito, onde está jogando, difícil.
Elias (Atlético de Madri) – Reserva do reserva do Atlético de Madrid, precisa dizer mais?
Ralf (Corinthians) – Bom, muito bom, mas seleção? E qual o empresário dele?
Luiz Gustavo (Bayern de Munique) – Não o conheço, seria leviano dizer algo.
Paulo Henrique Ganso (Santos) – Pode render mais, mas é o nosso camisa 10.
Renato Augusto (Bayer Leverkusen) – Sério? A primeira convocação entendi, mas não rendeu nada e ainda deu uma decaída na Alemanha.
Lucas (São Paulo) – Pode jogar muito mais, mas eu convocaria também.
Fernandinho (Shakthar Donetsk) – Faz tempo que não acompanho, mas não convocaria não.

ATACANTES
Alexandre Pato (Milan) – Meu camisa 9.
Fred (Fluminense) – Tem futebol, mas não confio.
Neymar (Santos) – Craque.
Robinho (Milan) – Quem sabe uma hora vai, mostrou personalidade.
Jonas (Valencia)  – Renovação? Craque? Não dá, não dá…como ele temos uns 15 só no Brasil, mais jovens, com mais poder de finalização e mais estrela.

Agora é ver se conseguimos ganhar a primeira de uma seleção decente, eu já adianto que acho puxado, bem puxado.

Para não dizer que eu só critico, finalmente Elano não foi convocado. Há uma luz no fim do túnel, será que nos livramos dele?

Porque ele é o Melhor

Hoje, mais uma vez, Mourinho mostrou porque ele é o melhor do mundo. Poucos não são os motivos que nos levam a concluir isso, e os resultados de hoje da Champions League são mais uma mostra disso.

Faremos uma simples comparação, Inter e Real Madrid deram adeus aos campeonatos de seus países com derrotas traumáticas no final de semana. Se o time de Leonardo perdeu um clássico, Mourinho perdeu em casa, coisa que não acontecia há 9 anos.

Era inconteste que os dois eram favoritos para os confrontos da UCL, pois Inter e Madrid são mais times que Schalke 04 e Tottenham. Mas também estava claro, que a principal função dos treinadores era “virar a chave” e se concentrar no duelo continental.

Resultado, o Real Madrid atropelou o Tottenham em casa colocando sonoros 4×0, com dois de Adebayor, um de Di María e o último de Cristiano Ronaldo em um passe, adivinhem de quem, pois é, Kaká.

Por outro lado, em Milão, a Internazionale foi surpreendida e tomou 5×2, ressalvando-se o golaço de Stankovic ainda no primeiro minuto da partida.

Enquanto o Real Madrid carimbou sua passagem para a semi-final, pois não acredito que tomará mais de 4 do Tottenham na Inglaterra, Leonardo e os nerazzuri podem esquecer, 4 gols de diferença na Alemanha é muito milagre para um time só, depois do que fizeram em Munique, é difícil crer.

Nesses detalhes, para mim, é que se difere o craque do bom. Leonardo é bom, muitos outros técnicos são bons, Mourinho é craque. Na hora que precisa ele é craque.

Hoje ele mostrou mais uma vez porque é o melhor.

“A” Seleção!

Já falei o que tinha que falar de cada um dos candidatos à Seleção do Campeonato Brasileiro de 2010, utilizei o clássico 4-4-2 com dois volantes e dois meias, apenas para facilitar a escolha. Então vamos:

1-Fernando Prass (não é o melhor dos 3 mas foi o mais regular durante a competição)

2-Mariano (numa posição que nossos melhores estão lá fora se destacou cá)

3-Chicão (técnico, experiente e um líder)

4-Alex Silva (complementa seu parceiro de zaga com perfeição)

6-Roberto Carlos (ainda não nasceu ninguém melhor que ele na posição)

5-Guiñazú (capitão do time, marca por todos e ainda sai jogando)

8-Elias (parece já vendido para o Benfica, tem muito futebol mesmo para ficar por aqui)

7-Montillo (chegou chegando como se diz na gíria, muito bom)

10- Conca (o cara do Campeonato)

7-Jonas (artilheiro isolado, vive fase excepcional)

11-Neymar (futuro craque, tomara que amadureça rápido)

Técnico: Muricy (com tudo para conquistar o 4º título em 5 disputados)

O Craque sem dúvidas nenhum foi Conca, aconteça o que acontecer no domingo ele foi o cara desse Braileirão, e a revelação fica com Bruno César, acho ele muito bom de bola, muito bom mesmo.

Essa é minha seleção do Campeonato, alguém discorda? Amanhã farei minha seleção quebra canela, com alguns dos piores jogadores do certame…

O negócio é bola na rede, melhores atacantes

Segundo a Revista VIP ele é o homem do ano, menino de 18 anos com futebol de craque. Só disputava o título de melhor jogador no Brasil durante esse ano com seu companheiro de Santos e amigo Paulo Henrique Ganso, com a contusão de PH reinou absoluto. Se fora do campo ainda precisa amadurecer muito, dentro é questão de muito pouco tempo para ser comparado aos melhores do mundo, não é humano o que ele faz com a bola. Neymar foi, sem dúvida, o melhor atacante do Brasileirão.

Jonas entra naquela lista de jogadores que não são acima da média, mas têm fases deslumbrantes. Após vê-lo atuando domingo pude conferir mais uma vez que lhe falta técnica, poder de decisão, enfim não tem nada demais. Porém mais uma vez deixou o dele. Ele não só é artilheiro como tem quase o dobro do segundo colocado, ele é o matador do Brasileirão sem sombra de dúvidas, e por isso foi lembrado na minha lista.

Um time que joga para frente como o Cruzeiro precisa de um excelente atacante para dar certo. E o Cruzeiro tem, Thiago Ribeiro é esse homem, e por isso ainda pode ser campeão Brasileiro de 2010. Thiagol como é conhecido desde que iniciou no São Paulo é um jogador completo, boa movimentação, bom domínio, bom passe e ótima conclusão, sem dúvdas um dos melhores atacantes que nós temos.

Esta aí um jogador que eu acho pouco valorizado pela famosa opinião pública. Centroavante daqueles, finalizador, trombador, mas com técnica. Enquanto o Inter lutou por algo no Brasileiro, Alecsandro estava lá, fazendo seus golzinhos, ajudando sua equipe. É o único centroavante nato da minha lista, o único que mereceu ser mencionado. E digo mais, fará o gol do título Mundial para o Colorado.

Vocês não acharam que ele pudesse ficar de fora né? O melhor jogador que eu viu jogar em todo o mundo. Melhor que Zidane, que Romário, Messi, todos. Craque, e mesmo gordo, fora de forma, decisivo. Ele é demais, decide quando joga, não tem conversa. Faz gol, dá passe para gol, cava pênalti. É Rei, é demais, é um Fenômeno! Ronaldo é o cara! E mesmo jogando pouco nesse campeonato, quando o fez, fez melhor que os outros.

Completei minha lista de jogadores, faltam ainda os técnicos, a revelação, o craque e o time completo. Até o final da semana eu acabo tudo.

Matador com Coração

Ontem tivemos 15 gols em 7 jogos, média de 2,14 por jogo. A média é baixa, mas não quer dizer que não tivemos artilheiros fazendo muita festa. Dois jogadores atingiram o Hat Trick, ou seja, fizeram três gols na mesma partida; Zé Eduardo pelo Santos e Jonas pelo Grêmio.

Mas se assemelharam só na quantidade de gols mesmo, pois o jogador santista tem a marra de Neymar, mas não joga nem um centésimo do colega. Quando fez o primeiro gol saiu gritando aos quatro ventos: “Eu sou F*, eu sou F*”, menos Zé, bem menos para ti. Muito arroz e feijão, muito treino de finalização, muito gol ainda para te autointitular F*. Esse pessoal viu o Romário jogar e acha que qualquer um faz mil gols, a vida não é assim não Zé, volta pro banco que é o teu lugar no Santos e quem sabe daqui a uns 300 gols poderás dizer isso.

Enquanto isso, em Porto Alegre um jogador atingia a incrível marca de 17 gols em 17 jogos. Um gol por jogo é média de craque, coisa que Jonas não é, e ele mais do que ninguém sabe disso, e por isso chorou. Mais incomum do que a quantidade de gols marcados por Jonas nesse campeonato, é ver um jogador com tanto carinho, com tanto amor ao seu trabalho. Essa cena deve ser vista por todos que elogiam e criticam o futebol, por aqueles que vivem dele e por quem acha que tudo não passa de uma grande marmelada. Para quem não viu, o choro de Jonas não foi no gramado, impulsionado pela emoção dos três gols, ou motivados por gritos da torcida, ele chorou na entrevista coletiva, após ter tomado banho e esfriado a cabeça. Jonas chorou porque tem coração, porque tem família como ele mesmo disse, e porque tem caráter. Porque só ele sabe o quanto ele passou para chegar nesse momento da carreira, o quanto lhe disseram que era pereba, que só perdia gols. Só ele sabe quantas vezes deve ter passado na cabeça dele parar de jogar e ir fazer outra coisa da vida, já que todo mundo falava que ele não servia para aquilo.

Não acho que Jonas deva ser convocado para seleção como muitos têm pedido, não acho ele nem o melhor atacante aqui no Brasil, só acho que Jonas ontem deu uma lição maior que fazer 17 gols em 17 jogos, muito maior. Jonas mostrou que é artilheiro mas que tem coração.


Dois Toques

Lugar que um doido por esporte, principalmente futebol criou para escrever, ler, debater sobre tudo que seja relacionado ao esporte Bretão.

Twitter